Skip to content

Aprovado Reajuste Energia de 7,03% em São Paulo





Todo Reajuste de energia está previsto nos contratos entre os Estados da Federação e as concessionárias de Energia.

Então o Estado de São Paulo não podia ficar fora dessa!  E o mês de julho é o mês definido pela ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica, para que ocorra o aumento anual das tarifas na capital paulista e mais 24 municípios da região metropolitana.

O Reajuste de energia foi numa média de 7,03% – sendo para indústria um aumento de 8,46% e, para os consumidores residenciais, o percentual de 6,41%.




Este reajuste é uma forma de equilibrar as contas das concessionárias de fornecimento de energia. A seguir iremos explanar este artigo em tópicos para que o tema seja explorado de forma didática o reajuste de luz 2019:

Um dos fatores que justificam estes reajustes, é o nível baixo dos reservatórios de água e com isso as concessionárias são obrigadas a usar uma energia mais cara, que é a energia térmica que termina traduzindo no reajuste na conta de luz.
reajuste de energia elétrica

O Reajuste Energia Passa a Valer Quando?





O Reajuste de energia na cidade de São Paulo e as cidades da região metropolitana do Estado de São Paulo, passará a vigorar a partir do mês de julho de 2019. Em seguida, as cidades abrangidas por este aumento são:

  • São Paulo
  • Barueri
  • Cajamar
  • Carapicuíba
  • Cotia
  • Diadema
  • Embu
  • Embu-Guaçu
  • Itapecerica da Serra
  • Itapevi
  • Jandira,Juquitiba
  • Mauá
  • Osasco
  • Pirapora do Bom Jesus
  • Ribeirão Pires
  • Rio Grande da Serra
  • Santana de Parnaíba
  • Santo André
  • São Bernardo
  • São Caetano
  • São Lourenço da Serra
  • Taboão da Serra
  • Vargem Grande Paulista

Todas as essas cidades terão um reajuste energia elétrica 2019.

O que Justifica o Reajuste de 7,03%?

 Este Reajuste de energia de 7,03% representa um acréscimo nas contas de energia para o Estado de São e região metropolitana, que será explicado a seguir:

Imagine uma conta de luz no valor de R$100,00 (cem reais) e que será aplicado um reajuste de 7,03%; Então, o valor a ser acrescentado na conta será de R$7,03 mais bandeiras tarifarias e impostos e tributos. Portanto, é assim que calcula ultimo reajuste de energia elétrica.
reajuste da tarifa de energia elétrica

Previsão de Reajuste para Outros Estados

A ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica, tem como regra uma revisão da tarifa a cada quatro anos para manter o equilíbrio financeiro e econômico da concessionaria.

Logo então, o resultado desta revisão nos anos seguintes é um Reajuste de energia. Portanto, este reajuste é anual e é diferente para cada estado.

A média do reajuste energia elétrica 2019 no Brasil, ficou em 5,2%. Segundo a ANEEL, não existe uma conexão entre o valor das tarifas com a inflação.

Sendo assim, o que gera o aumento da tarifa são os custos operacionais e investimentos de cada concessionária e distribuidora.

Exemplos de índice de reajuste de energia elétrica em alguns estados brasileiros:

  • 11% em Campo Grande
  • 10% em Cuiabá
  • Quase 9% no Rio de Janeiro
  • E maior do que 5% em Fortaleza, Natal, Recife, Salvador e Belo Horizonte

Entenda a Nova Tarifa da Conta de Luz

Entender o Reajuste de energia numa conta de luz é bastante simples. Portanto, basta você compreender como é composto o custo para você ter luz na sua residência, indústria ou comércio. Então sendo, são três fatores básicos, conforme a seguir:

  • 53,5% da sua conta de energia é formado pela compra e transmissão da energia e encargos setoriais;
  • 17,0% pela distribuição dessa energia para as residências, indústrias e comércios;
  • 29,5% de tributos como PIS, COFINS e ICMS

Portanto, é por este motivo que existe uma variação no reajuste da tarifa de luz, pois cada concessionária tem seus custos diferentes e que varia de uma região para outra.

O Último Reajuste Antes de 2019 Foi de Quanto?

 O Reajuste de energia do ano 2018 foi bastante alto, com cerca de 2 dígitos. No Brasil a média desse aumento foi de quase 15%. Assim sendo, três vezes mais que a média deste ano, que é de 5,2% comparado ao novo reajuste da luz do ano de 2018.

Por exemplo, no Estado do Rio de janeiro foi uma média de 10,36% nas tarifas da Light, Na Enel Rio, que fornece energia para a região de Niterói e outras 66 cidades fluminenses, o reajuste foi em torno de 21,04%. Entretanto, nos Estados de Minas, Rio Grande do Sul e Mato Grosso, foi cerca de 20%

Espero que este artigo tenha lhe ajudado a ver como é fácil entender sua conta de energia quando ela é reajustada ou para reclamar seus direitos junto a sua concessionária. Então, não perca Tempo!

Aproveite e acesse nosso blog → Conta de Luz e veja outros artigos.

Assista o vídeo abaixo e aprimore o seu conhecimento!